EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS A DISTÂNCIA: UM DEBATE CURRICULAR NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO DISTRITO FEDERAL

Main Article Content

Raquel de Almeida Moraes Lívia Freitas Fonseca Borges Francisco Thiago Silva

Resumo

O presente artigo analisa o curso Educação para a Igualdade Étnico-Racial, promovido pela rede pública de ensino do DF em 2011, na modalidade a distância. O objetivo central é identificar os percalços e avanços que essa formação continuada de professores resultou, no intuito de responder a problemática: a educação a distância consegue promover ações de formação continuada para professores na perspectiva antirracista? A epistemologia teórica é o marxismo e a metodologia adotada envolve a análise documental e revisão bibliográfica. Os eixos analíticos adotados são a Educação a Distância, EaD;  Educação das Relações Étnico-Raciais e Currículo da Formação de Professores, ocorrida no DF. Uma contradição detectada foi a ausência de uma efetiva inserção das questões étnico-raciais como temática nas políticas de formação docente materializada por meio de cursos na modalidade EaD no Projeto Político Pedagógico no Distrito Federal, o que resulta em ações mínimas.   

Article Details

Como Citar
MORAES, Raquel de Almeida; BORGES, Lívia Freitas Fonseca; SILVA, Francisco Thiago. EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS A DISTÂNCIA: UM DEBATE CURRICULAR NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO DISTRITO FEDERAL. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 6, n. 12, p. 123-149, fev. 2014. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/180>. Acesso em: 24 fev. 2020.
Seção
Artigos