A MULHER NEGRA NO PÓS-ABOLIÇÃO

Main Article Content

Ariella Silva Araujo

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão sobre o papel que a mulher negra desempenhou no pós-Abolição. A justificativa se dá porque a história do negro - e da mulher negra ainda mais -, é assunto ainda pouco explorado pelos pesquisadores no que diz respeito a esse período, indicando a necessidade de um estudo apurado sobre diversos aspectos da história a partir da perspectiva do negro e da negra. Soma-se a isso a própria associação que se faz entre suas histórias e a escravidão. Isso porque, com o advento da Primeira República, em um contexto marcado pelo pós-Abolição, esses sujeitos tornaramse secundários, chegando mesmo a lhes ser negado o papel de "produtor de uma história específica". Se há poucos estudos relacionados à raça nesse período histórico, quando somado ao gênero, a conexão entre essas duas categorias é pouco frequente. Sendo assim, nossa tentativa é trazer elementos sobre o papel que a mulher negra exerceu no passado e, que de certa forma, está presente nos dias de hoje.

Article Details

Como Citar
ARAUJO, Ariella Silva. A MULHER NEGRA NO PÓS-ABOLIÇÃO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 5, n. 9, p. 22-36, fev. 2013. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/234>. Acesso em: 29 mar. 2020.
Seção
Artigos