QUE NEGRO É ESSE NA CULTURA DA MÍDIA? UMA ANÁLISE A PARTIR DO CONTEXTO GAÚCHO

Main Article Content

Wesley Pereira Grijó

Resumo

O artigo objetiva discutir as relações de hegemonia e subalternidade através da perspectiva da cultura da mídia, com foco na presença de um repórter negro na principal emissora de televisão do Rio Grande do Sul. A discussão é baseada na contribuição teórico-metodológica de Kellner (2001), conhecida como crítica diagnóstica. Analisa-se uma série de reportagens sobre a remoção de famílias pobres do centro de Porto Alegre. Observa-se que a presença do repórter ocorre para abarcar parte da audiência socialmente marginalizada, com um discurso de inserção desses sujeitos na agenda jornalística, utilizando dessa presença/representação para que a audiência se reconheça e se identifique com o produto exibido.

Article Details

Como Citar
GRIJÓ, Wesley Pereira. QUE NEGRO É ESSE NA CULTURA DA MÍDIA? UMA ANÁLISE A PARTIR DO CONTEXTO GAÚCHO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 4, n. 8, p. 52-67, out. 2012. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/249>. Acesso em: 09 abr. 2020.
Seção
Artigos