O PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA E O ALUNO QUILOMBOLA: letramento crítico e formação de professores

Main Article Content

Mábia Camargo Aparecida de Jesus Ferreira

Resumo

A proposta desse artigo está em compreender como o professor de língua inglesa pode fortalecer os discursos ideológicos de alunos quilombolas dentro da sala de aula, colaborando para políticas e práticas de igualdade social em um ensino antirracista. Objetiva-se estudar a questão da formação de professores de Língua Inglesa (LI) na perspectiva de raça e etnia e ainda pensar no trabalho feito em sala de aula por parte desses professores, devendo ser um trabalho que compreenda o empoderamento do professor sobre os alunos, como esse poder deve ser pensando nas relações étnico-raciais na sala de aula de LI, e na escola como um todo. A escola é um ambiente de poder (Apple, 2002) e o professor torna-se instrumento de validação desse poder por meio da hierarquização no processo de ensino. Esse trabalho caracteriza-se como uma reflexão teórica de cunho bibliográfico, parte de uma dissertação de mestrado, ainda em andamento.

Article Details

Como Citar
CAMARGO, Mábia; FERREIRA, Aparecida de Jesus. O PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA E O ALUNO QUILOMBOLA: letramento crítico e formação de professores. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 4, n. 8, p. 192-210, out. 2012. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/260>. Acesso em: 08 abr. 2020.
Seção
Artigos