ONDE ESTÃO OS ALUNOS NEGROS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ (PR)?

Main Article Content

Pedro Dias Mangolini Neves Maria das Graças de Lima Aldenir Dias dos Santos

Resumo

Essa pesquisa buscou caracterizar os estudantes negros da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Para a realização deste trabalho foi utilizado referência bibliográfica para entender melhor as questões raciais e poder escrever sobre elas. Foi utilizada também uma tabela da cor/raça dos alunos matriculados na UEM separado nos cursos em que estão matriculados, organizada pelo Núcleo de Processamento de Dados (NPD) desta instituição, com dados adquiridos pela Diretoria de Assuntos Acadêmicos (DAA). Nossa preocupação advém das condições vividas pela população negra no Brasil, desde sua retirada das várias regiões da África para no Brasil serem escravizados até os dias atuais. Esta população tem uma história de exclusão, após anos de trabalho escravo é excluída do acesso a qualquer política pública e sem alguma chance de acesso principalmente à universidade. Concluímos com esta pesquisa que os estudantes negros da UEM, como na maior parte das universidades, estão, em sua maioria, matriculados em cursos nas áreas menos valorizadas pela sociedade, como os cursos de Ciências Humanas, ficando fora, em sua expressiva maioria de cursos como medicina, engenharia e direito.

Article Details

Como Citar
NEVES, Pedro Dias Mangolini; LIMA, Maria das Graças de; SANTOS, Aldenir Dias dos. ONDE ESTÃO OS ALUNOS NEGROS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ (PR)?. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 3, n. 7, p. 117-127, jun. 2012. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/367>. Acesso em: 02 abr. 2020.
Seção
Artigos