OS ORIXÁS FAZEM GÊNERO DENTRO DOS RITUAIS

Main Article Content

Denise Botelho Hulda Helena CoraciaraStadtler

Resumo

Este artigo é uma releitura do resultado de pesquisa comparativa realizada entre grupos cristãos e
seguidores(as) de candomblé em Recife (PE), privilegiando os(as) candomblecistas. Deu-se preferência às
pessoas comprometidas, cognitiva, espiritual e identitariamente, a partir de uma prática sistemática religiosa
ou sua vivência mítica. O centro focal da pesquisa visava estabelecer uma relação entre conhecimento, poder
e gênero nos grupos religiosos focados. Esse conhecimento, tanto abrangeu escolaridade formal quanto
religiosa. Durante o trabalho de pesquisa bibliográfica,encontrou-se, entre certo número de narrativas,
algumas que poderiam ser consideradas, tanto por praticantes quanto por estudiosos, como as mitologias de
origem dos orixás e a partir das quais se desenvolveram as ideias sobre mitobiografias e gênero.No caso do
grupo de candomblé, aqui apresentado, o trabalho envolveu 43 praticantes.

Article Details

Como Citar
BOTELHO, Denise; CORACIARASTADTLER, Hulda Helena. OS ORIXÁS FAZEM GÊNERO DENTRO DOS RITUAIS. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 3, n. 7, p. 171-190, jun. 2012. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/371>. Acesso em: 08 abr. 2020.
Seção
Artigos