A TRADIÇÃO ORAL PARA POVOS AFRICANOS E AFROBRASILEIROS: RELEVÂNCIA DA PALAVRA

Main Article Content

Eudaldo Francisco dos Santos Filho Janaína Bastos Alves

Resumo

O presente trabalho é uma breve reflexão teórica sobre as tradições orais constituintes dos povos africanos e sua instituição entre os afrobrasileiros, com intento de conhecer sua manifestação e propagação entre tais grupos étnicos.  Por ser a oralidade uma ação significativa para a população africana, concebemos relevante refletir sobre sua utilização na preservação e difusão do legado da África, bem como perceber sua instituição no Brasil com a chegada dos africanos. Utilizando uma abordagem genérica sobre o continente devido sua extensão, diversidade e riqueza tratamos de identificar a oralidade como método de transmissão de conhecimento. Portanto, trata-se de uma investigação sintética a respeito das tradições orais oriundas da África e seu estabelecimento em solo brasileiro, fundindo as duas culturas, e presente também nas religiões de matriz africana, como por exemplo, o Candomblé. Conferimos com isto a relevância da palavra dita para estes povos.

Article Details

Como Citar
FILHO, Eudaldo Francisco dos Santos; ALVES, Janaína Bastos. A TRADIÇÃO ORAL PARA POVOS AFRICANOS E AFROBRASILEIROS: RELEVÂNCIA DA PALAVRA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 9, p. 50-76, dez. 2017. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/464>. Acesso em: 21 fev. 2020.
Seção
Caderno Temático