AÇÕES AFIRMATIVAS DE INGRESSO: FRONTEIRAS ÉTNICAS, PROJETOS E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DAS/DOS ESTUDANTES QUILOMBOLAS NA UNIFESSPA

Main Article Content

Marcos Antonio Silva dos Santos

Resumo

A partir das Ações Afirmativas da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) para o ingresso de quilombolas nos cursos de graduação, pretendeu-se analisar neste artigo de que forma as relações inter-étnicas se configuram na Universidade a partir das categorias de Fronteira utilizada por Barth (2011) e Projeto (VELHO, 2003). Também, como ela é representada pelas/pelos estudantes quilombolas e suas famílias no processo de auto reconhecimento e afirmação da identidade quilombola. Foi-se utilizado a metodologia de pesquisa-participante, com sete entrevistas semi-estruturadas com quilombolas de variadas graduações. Como umas das conclusões, identificamos a “cooperação comunitária” como uma das principais direcionadoras da trajetória universitária, porque ativa justamente as noções de solidariedade e pertencimento étnico entre as/os estudantes, sua família e as comunidade quilombolas.

Article Details

Como Citar
SANTOS, Marcos Antonio Silva dos. AÇÕES AFIRMATIVAS DE INGRESSO: FRONTEIRAS ÉTNICAS, PROJETOS E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DAS/DOS ESTUDANTES QUILOMBOLAS NA UNIFESSPA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 9, p. 152-173, dez. 2017. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/480>. Acesso em: 21 fev. 2020.
Seção
Caderno Temático