ARTICULAÇÃO ENTRE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL NO ENSINO MÉDIO: UMA ESTRATÉGIA PARA POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS

  • Andréia M. Cunha
  • Elzelina D. Santos
  • Iara P. Viana
  • Karla C. Cerqueira
  • Mariana P. A. S. Brandão
  • Rogéria C. Alves

Resumo

O campo das políticas públicas educacionais configura-se como espaço de tensões e debates que reverberam emergências postas pelas desigualdades sociais e educacionais. Desigualdades estas decorrentes de fatores históricos e políticos que precisam ser colocados em pauta mediante o desafio de formular projetos e propostas pedagógicas para a educação básica, especialmente no âmbito da escola pública. Ainda, ao considerar a necessidade de articular conteúdos e práticas docentes, capazes de abarcar as diversidades, sobretudo a diversidade étnico-racial, outros desafios são postos ao campo de proposição de políticas públicas. A articulação entre iniciação científica e a promoção da igualdade racial se apresenta neste cenário como alternativa metodológica e política em resposta a estes desafios. Este artigo visa apresentar o processo de formulação dessa metodologia, bem como estratégias institucionais possíveis para a sua implementação no campo da gestão educacional pública.

Publicado
Jan 2, 2018
Como Citar
CUNHA, Andréia M. et al. ARTICULAÇÃO ENTRE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL NO ENSINO MÉDIO: UMA ESTRATÉGIA PARA POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 10, p. 230-242, jan. 2018. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/538>. Acesso em: 23 fev. 2018.