RESISTÊNCIA E REEXISTÊNCIA DE MULHERES NEGRAS NO FEMINISMO

Main Article Content

Josane Silva Souza

Resumo

Este trabalho pretende discutir, a partir de relato etnoautobiográfico e de postagens em grupos feministas no facebook, o discurso de mulheres multirraciais e trazer, também, ao cerne da questão um debate importante, em voga nos últimos anos, que é sobre o lugar de fala. Há posicionamentos ideológicos dentro desses grupos, modelados por mulheres brancas, de que não deveria se discutir as subjetividades, advindas da experiência racial do mulherio. Por outro lado, muitas mulheres negras se posicionam de forma contrária, por acreditarem, através de suas experiências, que a sociedade racista e machista impõe obliterações dos seus corpos negros, imprimindo-lhes caráter de modelação social. Este trabalho busca, portanto, provocar uma reflexão sobre os papeis sociais exercidos por distintas mulheres, criando um possível elo entre suas diferentes perspectivas ideológicas.

Article Details

Como Citar
SOUZA, Josane Silva. RESISTÊNCIA E REEXISTÊNCIA DE MULHERES NEGRAS NO FEMINISMO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 10, p. 572-582, jan. 2018. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/555>. Acesso em: 15 ago. 2018.
Seção
Caderno Temático