ENTEXTUALIZAÇÕES EM EVENTOS DE LETRAMENTOS DE ARTE E REEXISTÊNCIA DAS JUVENTUDES: RESSIGNIFICAR PARA REEXISTIR EM CONTEXTOS PERIFÉRICOS

Main Article Content

Tito Wandick Nogueira Maciel Claudiana Nogueira de Alencar Antonio Oziêlton de Brito Sousa

Resumo

Neste artigo, buscamos analisar processos de entextualizações em eventos de letramentos de reexistência (Souza, 2011), a partir da perspectiva da Pragmática Cultural, que propõe uma pesquisa linguística descolonial e interventora (Alencar, 2015). Tais processos são vivenciados nas interações entre Movimentos Sociais da Serrinha, na periferia de Fortaleza, e a Universidade Estadual do Ceará (UECE). Mais especificamente, focalizamos o Sarau de luta que marca a gênese do Movimento Arte e Reexistência Periférica e o Fórum Popular da Grande Parangaba. Considerados como jogos de linguagem, constitutivos de gramáticas de resistência, esses eventos entextualizam as experiências de diálogo entre pesquisadores e extensionistas da universidade e os movimentos culturais juvenis da periferia de Fortaleza, em signos indexais tais como “reexistência” e “atravessar a rua”. Como aparato metodológico, utilizamos a cartografia (Passos; Kastrup; Escossia, 2009), que se propõe a acompanhar processos e não produtos. Os resultados gerados indicam que é possível construirmos, em diversos jogos de linguagem, modos de produzir conhecimento em favor da vida da população periférica, evidenciando novas relações entre os movimentos sociais e a universidade, em concepções de linguagem mais comprometidas com um projeto popular que alie teoria e prática na produção de saberes.

Article Details

Como Citar
MACIEL, Tito Wandick Nogueira; ALENCAR, Claudiana Nogueira de; SOUSA, Antonio Oziêlton de Brito. ENTEXTUALIZAÇÕES EM EVENTOS DE LETRAMENTOS DE ARTE E REEXISTÊNCIA DAS JUVENTUDES: RESSIGNIFICAR PARA REEXISTIR EM CONTEXTOS PERIFÉRICOS. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 10, p. 651-676, jan. 2018. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/558>. Acesso em: 15 ago. 2018.
Seção
Caderno Temático