CULTURA AFRO-BRASILEIRA, EDUCAÇÃO E PATRIMÔNIO: UM OLHAR SOBRE A PROPOSTA DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO PARA INTRODUÇÃO DA CAPOEIRA NO ESPAÇO ESCOLAR

Main Article Content

Vinícius Oliveira Pereira

Resumo

O artigo é uma derivação das reflexões da pesquisa de mestrado, onde analisei o trabalho desenvolvido com a capoeira em uma escola municipal de Nova Iguaçu, cidade do estado do Rio de Janeiro. A pesquisa, que identificou o Programa Mais Educação, do Ministério da Educação, como uma das principais portas de entrada da capoeira nas escolas das redes públicas municipais, estaduais e distrital, buscou compreender, também, como o Programa tem pautado o diálogo contemporâneo entre a escola e a capoeira. A investigação de caráter etnográfico lançou mão de observação participante nas aulas de capoeira e de análise dos documentos que regulam as atividades do mencionado Programa. Os primeiros achados da pesquisa apontam: (1) a relevância do Programa Mais Educação para introdução da capoeira nas escolas; (2) a consonância das perspectivas dos Ministérios da Educação e da Cultura, que reconhecem a capoeira como patrimônio imaterial; (3) uma nova abordagem da capoeira no espaço escolar, que se diferencia de propostas passadas; (4) predominância de uma abordagem que valoriza os aspectos esportivos da capoeira no universo investigado.

Article Details

Como Citar
PEREIRA, Vinícius Oliveira. CULTURA AFRO-BRASILEIRA, EDUCAÇÃO E PATRIMÔNIO: UM OLHAR SOBRE A PROPOSTA DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO PARA INTRODUÇÃO DA CAPOEIRA NO ESPAÇO ESCOLAR. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 8, n. 18, p. 392-412, fev. 2016. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/58>. Acesso em: 25 fev. 2020.
Seção
Artigos