ARTE AFRO-BRASILEIRA: CONTRAPONTO DA PRODUÇÃO VISUAL NO BRASIL

Main Article Content

Nelma Cristina Silva Barbosa de Mattos

Resumo

A arte afro-brasileira surgiu à revelia da arte oficial, que era de perfil eurocêntrico e
branco. Seus autores foram mantidos fora do circuito oficial das artes plásticas nacionais, a
exemplo da academia e galerias. Fruto de entrecruzamentos, a arte afro-brasileira não se
constituiu em uma escola estilística. Ela é oriunda de conflitos e negociações entre experiências
sensíveis nativas, europeias e africanas. As identidades locais exigem cada vez mais espaço no
sistema da arte contemporânea. Entender-se como artista e negro ou negra implica em agenciar
a identidade, percebendo-a como instrumento político essencial para a sobrevivência no circuito
profissional das artes visuais na atualidade.No terreiro de candomblé ou na galeria, a arte afrobrasileira continua sendo um contraponto ao discurso visual eurorreferenciado, um ato de
resistência cultural negra.

Article Details

Como Citar
MATTOS, Nelma Cristina Silva Barbosa de. ARTE AFRO-BRASILEIRA: CONTRAPONTO DA PRODUÇÃO VISUAL NO BRASIL. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 11, n. 27, p. 165-183, fev. 2019. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/670>. Acesso em: 24 ago. 2019.
Seção
Dossiê Temático