ACESSO E UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE POR QUILOMBOLAS CONTEMPORÂNEOS BAIANOS

Main Article Content

Rosilene das Neves Pereira http://orcid.org/0000-0002-7681-8381 Ricardo Fraklin de Freitas Mussi Roseanne Montargil Rocha http://orcid.org/0000-0001-5766-413X

Resumo

O presente estudo objetivou verificar como se dá o acesso e a utilização dos serviços de saúde dos quilombolas rurais de região geográfica baiana. Trata-se de um levantamento de base populacional com participação de 850 adultos (> 18 anos), de ambos os sexos, com informações obtidas pela aplicação de questionários padronizados. A regressão de Poisson testou associações. Nenhuma comunidade tinha infraestrutura de serviço de saúde em funcionamento e três não tinham cobertura do Programa de Agentes Comunitários de Saúde. Dentre os entrevistados, 82,0% indicaram cadastro domiciliar na Unidade Básica de Saúde, 65,0% citaram visitas mensais dos ACS e 66,0% comunicaram nunca ter recebido visita dos agentes de endemia. Entre os pesquisados, 70,9% informaram consulta médica nos últimos 12 meses, associada (p<0,05) ao sexo feminino. Nas duas últimas semanas 16,5% indicaram ter recebido atendimento em serviço de saúde, 77,9% destes em serviços públicos. O acesso e a utilização dos serviços de saúde pelos quilombolas da região de Guanambi/Bahia ocorrem de maneira desigual devido às barreiras estruturais, restrita disponibilidade de recursos humanos e infraestrutura local.

Article Details

Como Citar
PEREIRA, Rosilene das Neves; MUSSI, Ricardo Fraklin de Freitas; ROCHA, Roseanne Montargil. ACESSO E UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE POR QUILOMBOLAS CONTEMPORÂNEOS BAIANOS. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. 31, fev. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/739>. Acesso em: 10 abr. 2020.
Seção
Artigos