TECNOLOGIAS SOCIAIS NO TERRITÓRIO COMUM: ARTICULAÇÃO INSTITUCIONAL E INCLUSÃO SOCIAL NO QUILOMBO GROTÃO

Main Article Content

Vinicius Gomes de Aguiar Dernival Venâncio Ramos Junior Kênia Gonçalves Costa Felipe Eduardo Lopes Oliveira

Resumo

Com a dificuldade de acesso a políticas públicas por parte do quilombo Grotão, além da constante luta pelo território, a CPT Araguaia/Tocantins tem apoiado a comunidade. Dentre as ações que tem ganhado destaque ultimamente é a articulação com entidades que articulam as tecnologias com a inclusão social. No ano de 2019, com o início do projeto Ubuntu no Grotão, uma maior diversidade de tecnologias sociais foram implantadas, e isso tem exigido que a comunidade aproprie muitas tecnologias rapidamente, gerando autonomia no sistema produtivo de alimentos, soberania alimentar, retorno financeiro, assim como conflitos com algumas entidades parceiras. Nesse sentido, este texto tem como objetivo analisar como a tecnologia social pode ajudar no fortalecimento das lutas quilombolas, além de gerar conflitos com entidades parceiras, especialmente no segundo semestre de 2018 e primeiro semestre do ano de 2019. 

Article Details

Como Citar
GOMES DE AGUIAR, Vinicius et al. TECNOLOGIAS SOCIAIS NO TERRITÓRIO COMUM: ARTICULAÇÃO INSTITUCIONAL E INCLUSÃO SOCIAL NO QUILOMBO GROTÃO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. Ed. Especi, p. 336-360, abr. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/868>. Acesso em: 27 maio 2020.
Seção
Caderno Temático