AS MARCAS DA COLONIALIDADE: RAÇA E RACISMO NA PRODUÇÃO DO PENSAMENTO GEOGRÁFICO

Main Article Content

Jonathan Marcelino

Resumo

O texto em tela tem como objetivo situar as categorias de raça, racismo e relações raciais dentro da matriz teórica da Geografia. Nossa intenção é propor algumas possibilidades de interpretação das relações raciais no Brasil a partir de uma análise geografia. Estamos convencidos de que a problemática étnico-racial é uma das muitas temáticas possíveis de serem contempladas pelo cabedal analítico da ciência geográfica, sobretudo porque é possível detectar o registro desse debate na vasta literatura produzida ao longo do processo histórico de formação do pensamento geográfico em especial na literatura da Geografia produzida durante grande parte do século XX no Brasil e no mundo

Article Details

Como Citar
MARCELINO, Jonathan. AS MARCAS DA COLONIALIDADE: RAÇA E RACISMO NA PRODUÇÃO DO PENSAMENTO GEOGRÁFICO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. Ed. Especi, p. 435-457, abr. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://www.abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/871>. Acesso em: 27 maio 2020.
Seção
Caderno Temático