LEI E DISCRIMINAÇÃO NA PRODUÇÃO DA CIDADE SEGREGADA

Main Article Content

Lisandra Mara Silva

Resumo

Objetiva-se com esse artigo discutir aspectos da (re)produção da segregação racial da cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. De modo específico são problematizados os mecanismos discriminatórios presentes na legislação que, por meio da propriedade fundiária, corroboram com os processos de divisão da cidade. Como ponto de partida são apresentados dados da segregação racial em 2010. Como processo, são discutidos marcos jurídicos/temporais – do final do século XIX ao início do século XX – que ilustram um encadeamento de discriminações promovedoras da segregação pelo poder público. Como perspectiva são analisados regulamentos (leis, decretos e resoluções) onde a equidade de raça, gênero e classe é reivindicada de modo a subsidiar novas propostas de reparação em políticas urbanas e habitacionais.


 

Article Details

Como Citar
SILVA, Lisandra Mara. LEI E DISCRIMINAÇÃO NA PRODUÇÃO DA CIDADE SEGREGADA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. 34, p. 463-488, nov. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://www.abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/1146>. Acesso em: 27 out. 2021.
Seção
Dossiê Temático