GAMBÁS: ARTES MUSICAIS, IDENTIDADES E RESISTÊNCIAS NA DIÁSPORA NEGRA NO AMAZONAS (SÉCULOS XVII AO XX)

Main Article Content

Ygor Olinto Rocha Cavalcante

Resumo

O presente texto busca recuperar evidências históricas da presença do Gambá como parte das manifestações culturais, políticas e de saberes no contexto de uma sociedade hierarquizada e desigual, atravessada por estruturas coloniais e eurocentricas. Nessa direção, procuramos compreender a manifestação musical como um componente político da agência de africanos – escravizados ou livres – construindo espaços de autonomia e de liberdade, afirmando saberes e culturas de matrizes africanas. Para tanto, utilizamos noticias de jornais do século XIX, relatos de viajantes estrangeiros e anotações de estudiosos em etnografia que passaram pela região. Com efeito, pretende-se contribuir para trazer ao centro do debate sobre a presença negra no Amazonas a importância de se recuperar a trajetória das artes musicais de matrizes africanas e compreende-las como parte das estratégias de luta e de resistência.

Article Details

Como Citar
CAVALCANTE, Ygor Olinto Rocha. GAMBÁS: ARTES MUSICAIS, IDENTIDADES E RESISTÊNCIAS NA DIÁSPORA NEGRA NO AMAZONAS (SÉCULOS XVII AO XX). Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. Ed. Especi, p. 27-51, ago. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://www.abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/936>. Acesso em: 27 out. 2021.
Seção
Caderno Temático