MARIANA QUER SER LIVRE: TRÁFICO DE ESCRAVIZADOS E NAÇÃO EM BELÉM (1700-1750)

Main Article Content

Marley Silva Silva

Resumo

A busca por liberdade de Mariana, uma escravizada mina “courana” que vivia em Belém do Grão-Pará, nos idos de 1738 é analisada nesse artigo. Na primeira metade do século XVIII o tráfico transatlântico e a presença africana em Belém são caracterizados pela historiografia como pouco expressivos, uma vez que as populações indígenas foram massivamente utilizadas como trabalhadores, especialmente até 1750 no Grão-Pará. É nesse cenário que Mariana busca comprar sua alforria. A documentação do Arquivo Histórico Ultramarino foi utilizada para desenvolver as ideias contidas neste trabalho. O debate sobre nação, tráfico, liberdade emergem do requerimento de Mariana e são aqui apresentados.

Article Details

Como Citar
SILVA, Marley Silva. MARIANA QUER SER LIVRE: TRÁFICO DE ESCRAVIZADOS E NAÇÃO EM BELÉM (1700-1750). Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. Ed. Especi, p. 10-26, ago. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://www.abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/960>. Acesso em: 27 out. 2021.
Seção
Caderno Temático