IDADE E RAÇA COMO MARCADORES PARA SE PENSAR A INFÂNCIA

Main Article Content

Fabiana de Oliveira

Resumo

O objetivo central da discussão foi refletir acerca das categorias de idade e raça como importantes marcadores de diferença para pensarmos alguns aspectos que influenciam as experiências de ser criança e negra no Brasil. O estudo teve como objeto de análise os relatórios do UNICEF sobre a situação da infância no país. Articulamos como referencial teórico os estudos do campo das Relações Étnico-Raciais, da Sociologia da Infância e do Enfoque de Direitos. Os indicadores sociais encontrados apontam os graves problemas sociais que acometem as crianças negras e para a mudança desse cenário precisamos de políticas públicas e programas específicos buscando somar esforços para erradicar essas injustiças que tem como base o racismo estrutural e, para que isso também aconteça, precisamos conhecer e monitorar a situação que as crianças negras vivenciam em suas infâncias.

Article Details

Como Citar
OLIVEIRA, Fabiana de. IDADE E RAÇA COMO MARCADORES PARA SE PENSAR A INFÂNCIA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 13, n. 36, p. 547-572, maio 2021. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://www.abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/997>. Acesso em: 27 out. 2021.
Seção
Artigos